DOUTORCIÊNCIA

ADVERTORIAL

ADVERTORIAL

Atenção mulheres acima dos 45 anos – A menopausa aumenta o risco de infarto?

Entenda a relação entre a menopausa e aumento do risco de infarto entre mulheres acima dos 45 anos

Por Equipe de redação em 31/5/22

De acordo com dados do Hospital do Coração (HCor), cerca de 3 em cada 10 mulheres são vítimas de infarto. No Brasil, mais de 200 mulheres morrem por dia devido às doenças cardiovasculares.

As doenças cardiovasculares matam 8 vezes mais que o câncer de mama.

Fonte: unicardio.com

Quando falamos em menopausa, muitas mulheres já imaginam as famosas “ondas de calor” e os perigos da osteoporose – já que esses são os sintomas mais conhecidos durante a maturidade do corpo.

No entanto, é preciso ficar de olho em algumas condições que também aparecem no climatério, como os riscos de doenças cardiovasculares.

A menopausa causa pressão alta?

O coração feminino requer atenção. Após os 40 anos, há maior risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares e elevação da pressão arterial e, na época da menopausa, há um aumento significativo nos casos de infarto.

Atenção para não confundir os sintomas

Em documento publicado em janeiro de 2021, a Sociedade Europeia de Cardiologia (ESC) indicou a importância de os médicos redobrarem a atenção em relação a quadros de hipertensão em mulheres de meia-idade.

Na declaração, há o consenso entre cardiologistas, ginecologistas e endocrinologistas de que os sintomas da hipertensão podem ser confundidos com os sinais da menopausa.

A professora e diretora do programa de saúde cardíaca feminina da Radboud University Nijmegen, Angela Maas, relata que uma em cada duas mulheres desenvolvem pressão alta antes dos 60 anos de idade.

Dr. Angela Mass em conferência – Fonte: Google

Muitas vezes, não há o diagnóstico dessa condição, uma vez que sintomas como palpitações e ondas de calor costumam ser relacionados à menopausa pelos médicos.

Maas reforça que “a hipertensão feminina não recebe o mesmo tratamento da masculina”, o que coloca as mulheres em uma situação de maior risco para condições como ritmo cardíaco irregular, infarto e AVC.

A professora também indica a necessidade de as mulheres serem avaliadas de forma diferente dos homens, considerando todo o histórico, e não apenas o quadro de saúde atual.

Notícias Relacionadas

Comentários de Assinantes

Terezinha Natália – Urubici/SC

5/5

“Veja como Hipercontroll é maravilhoso, tenho uma amiga que teve AVC uns dois anos atrás e vivia com a perna inchada, dei pra ela dois frascos de Hipercontroll e a perna dela voltou ao normal e eu estou muito bem pois não precisei tomar mais o remédio de pressão, fui ao médico e ele disse que estou muito bem de saúde, graças ao Hipercontroll. Obrigada!”

Sintomas da hipertensão e da menopausa

Para ajudar em diagnósticos precoces, as mulheres devem ficar atentas aos sintomas comuns da hipertensão e da menopausa.

Embora possam ser confundidos em alguns casos, há sinais frequentemente associados a cada uma das condições e que podem facilitar o processo de definição da condição.

No caso da hipertensão, os sintomas são:

 

Quanto à menopausa, alguns dos indícios que costumam aparecer são:

 

Manuelita dos Santos – Cariacica/ES

5/5

“Estou me dando muito bem, já estou no terceiro frasco, logo que comecei a tomar me apareceram muitas dores musculares, mas graças a Deus estou bem. Coisa quê nunca aconteceu antes, está acontecendo agora comigo, a minha pressão arterial está em 13 por 08, nunca aconteceu isso, estou maravilhada. Depois de tantos anos vivendo com a pressão arterial altíssima, continuei tomando o medicamento de pressão arterial junto com o Hipercontroll. Eu estava muito esquecida, agora me sinto bem melhor!”

Por que o estrogênio protege o coração das mulheres?

O hormônio estrogênio é um protetor e aliado do coração, pois estimula a dilatação dos vasos, facilitando o fluxo sanguíneo.

Com a chegada da menopausa, o nível desse hormônio diminui, o que aumenta o risco do desenvolvimento de algumas doenças.

“A existência deste fator vai aumentar, ao longo dos anos, a propensão à hipertensão”, explica o presidente do Departamento de Hipertensão da Sociedade Brasileira de Cardiologia, Marcus Malachias.

Molécula do hormônio estrogênio – Fonte: Google

Além disso, as mulheres possuem artérias menos calibrosas e, por isso, tendem a desenvolver doença coronariana em idade mais avançada, o que dificulta o tratamento.

Sendo assim, a atenção deve ser redobrada durante a menopausa, já que a própria diminuição do estrogênio já causa uma elevação dos riscos cardiovasculares, incluindo a pressão alta.

Como fazer para evitar a pressão alta na menopausa?

É possível reduzir as chances de desenvolvimento de problemas cardiovasculares durante a menopausa. No entanto, a mulher deve adotar uma dieta saudável e praticar exercícios físicos.

Além disso, é importante fazer um acompanhamento médico com cardiologista e ginecologista, especialmente quando há recomendações de reposição hormonal e suplementação.

Suplementação

Apesar da medicina tradicional que é baseada em medicamentos ser por vezes eficaz, ela pode trazer junto vários efeitos colaterais não desejados aos seus usuários.

Pensando nisso os cientistas encontraram na medicina natural opções que ajudam os hipertensos a manterem a pressão arterial nos níveis normais sem causar efeitos colaterais.

O que cientistas descobriram?

Sônia Maria – Guararapes/SP

5/5

“Estou muito bem. De fato estou satisfeita com os benefícios que o Hipercontroll trás.”

Após inúmeras pesquisas e composições testadas em todo mundo, a conclusão é que uma combinação de 14 elementos naturais é perfeita para o combate a pressão alta em mulheres acima de 45 anos.

A combinação perfeita

Essa combinação é feita de uma quantidade exata de cada um dos compostos abaixo:

Hoje no Brasil só existe uma opção com esta combinação de 14 elementos naturais com a quantidade exata de cada composto, é um produto chamado Hipercontroll.

É possível encontrar este produto através do site hipercontroll.com ou clicando na imagem abaixo.

Comentários de Assinantes

Terezinha Natália – Urubici/SC

4.9/5

“Veja como Hipercontroll é maravilhoso, tenho uma amiga que teve AVC uns dois anos atrás e vivia com a perna inchada, dei pra ela dois frascos de Hipercontroll e a perna dela voltou ao normal e eu estou muito bem pois não precisei tomar mais o remédio de pressão, fui ao médico e ele disse que estou muito bem de saúde, graças ao Hipercontroll. Obrigada!”

Manuelita dos Santos – Cariacica/ES

4.8/5

“Estou me dando muito bem, já estou no terceiro frasco, logo que comecei a tomar me apareceram muitas dores musculares, mas graças a Deus estou bem. Coisa quê nunca aconteceu antes, está acontecendo agora comigo, a minha pressão arterial está em 13 por 08, nunca aconteceu isso, estou maravilhada. Depois de tantos anos vivendo com a pressão arterial altíssima, continuei tomando o medicamento de pressão arterial junto com o Hipercontroll. Eu estava muito esquecida, agora me sinto bem melhor!”

Sônia Maria – Guararapes/SP

4.7/5

“Estou muito bem. De fato estou satisfeita com os benefícios que o Hipercontroll trás.”

NOTÍCIAS RELACIONADAS

2022 © Blog Doutor Ciência. Todos os direitos reservados – Políticas de Privacidade – Termos de Uso